julho 01, 2010

PONTO A, B, C, G...

Não as deixo sair tão soltas
As palavras do meu escaninho
Merecem cuidados de moças
Pra não se perderem no caminho
E devem ser galantes como moços
Pra não acabarem sozinhos

Não podem tomá-las a força
Elas te pedem carinho
Despi-las de todos os sentidos
Farei, “devagarinho”

Nas curvas descansar os braços
Para gozar de mansinho
Sussurros soprados solenes
Pedindo só mais um pouquinho.


n/a

Nenhum comentário:

Postar um comentário